0

Sixteens , single novo do Lights Out!

Batemos um papo maneiro com o Lights Out, sobre a banda, influências e mais!

Como se juntaram pra dar voz ao projeto?

Eu (Lucas) e o Luís eramos conhecidos de internet e o William e o Dihh já tocavam juntos em outras bandas, acabou que todo mundo se encontrou num grupo de amigos do rolê, o PunkFX, o Dihh me vendeu o baixo dele e logo após rolou essa reunião massa e meio por acaso.
É engraçado também que  no ano novo o Luís me chamou pra me tocar numa banda e eu tive que recusar pois já tava em outra banda. Por fim a outra banda acabou e agora estamos aqui.


Foto por Vanessa Vans

Quais eram as principais referências pra vcs montarem o grupo?

Nós sempre curtimos punk,emocore e hardcore melódico, nacional e internacional. No começo nós não definimos como queríamos soar, só deixamos rolar e saiu um som que a gente curtiu demais.
Porém, se fossemos citar algumas bandas, Garage Fuzz, Face to Face, Lifetime, Seaweed e RVIVR. Temos até umas playlists no nosso spotify com uns 40 sons que cada um gosta de ouvir.


Foto por Dayane Mello

Como foi o trabalho do single e clipe?

O processo todo foi meio louco hahaha, o Luís criou um riff e mandou no nosso grupo, eu criei uma letra ainda em casa e depois passamos no ensaio todos juntos. Soou extremamente melhor e só fomos ajustando o tempo. Já a gravação, nós fizemos com nosso amigo João Guilherme, que atualmente ta tocando guitarra na Orgânico. Nós fomos na casa dele e gravamos tudo em umas 2 horas.
Já o vídeo foi um compilado de imagens dos nossos 3 primeiros shows, com imagens da gravação, ensaio, fotos e videos de amigos e outras gravações que tínhamos em arquivo, depois editei tudo e lançamos como lyric.

Há intenção de Full álbum ou EP pra breve?

Temos um EP engatilhado pra ser lançado no fim do ano (ou começo do ano que vem) e já estamos no processo de composição para um full album. Muita choradeira envolvida hahahaha

Foto por Dayane Mello

Quais os próximos objetivos?

Por enquanto nosso foco é terminar a produção do EP, depois viajar, tocar muito, talvez gravar um clipe nesse processo, trazer o emo de volta, e dar uns pulos em vários palcos diferentes.

Considerações finais

Nós gostaríamos de agradecer à RaroZine pelo espaço e pelo apoio não só a nós, mas a todo o “rolê”. Também gostaríamos de agradecer todxs amigxs e apoiadores, vocês são maiores.

Foto principal por Denise Reis

instagram.com/lightsoutrock

facebook.com/lightsoutrock

lightsoutrock.bandcamp.com

youtube.com/channel/UC4uHkWkmd0skh2P9Gl4YAtQ  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *